Nutrição de Plantas

Resumo

As plantas exigem mais Potássio do que qualquer outro nutriente, exceto o Nitrogênio. As culturas de importância econômica contem aproximadamente as mesmas quantidades de Nitrogênio e Potássio, mas o conteúdo de Potássio de algumas espécies altamente produtivas pode ser maior que o de Nitrogênio.

Ao contrário de outros nutrientes, o Potássio não forma compostos nas plantas, mas permanece livre para "regular" muitos processos essenciais.

Potássio

O Potássio é um nutriente mineral essencial para plantas e animais. Ele é o terceiro mineral mais abundante em nossos corpos, excedido somente pelo Cálcio e pelo Fósforo. Nem animais nem plantas podem sobreviver sem um suprimento adequado de Potássio e seus efeitos são reais.

 

Funções do Potássio

Ele é importante para ativação enzimática, uso eficiente da água, fotossíntese, transporte de açúcares, água e movimento de nutrientes, síntese de proteínas, formação de amido e qualidade da cultura.

 

Potássio nas Plantas

O teor de Potássio nas plantas só é inferior, em geral, ao de Nitrogênio. Os teores são elevados nas folhas e mesmo nas partes colhidas, com exceção de grãos amiláceos. Em plantas com elevado teor de água, como batatinha, mandioca, laranja e cana de açúcar, mesmo baixos, são importantes devido a grande massa colhida por área.

O Potássio é absorvido como K+ pelas plantas e o nutriente se mantém nesta forma, sendo o mais importante cátion na fisiologia vegetal. Não fazendo parte de compostos específicos, a função do Potássio não é estrutural. Destacam-se o papel de ativador de funções enzimáticas e de manutenção da turgidez das células.

O Potássio é extremamente móvel na planta, ocorrendo transporte a longas distâncias. É comum o Potássio de folhas velhas ser distribuído para folhas novas. Órgãos novos das plantas são supridos preferencialmente e, assim tecidos meristemáticos e frutos novos têm altos teores de Potássio.

 

Potássio no Solo

O Potássio é um elemento muito abundante nas rochas e no solo. Os teores totais, em solos bem nutridos, podem superar 1%. Grande parte desse Potássio encontra-se em minerais que contém o elemento nas estruturas cristalinas. Os minerais primários portadores de Potássio mais importantes encontrados em rochas ígneas são os feldspatos e dois tipos de micas (muscovita e biotita).

O intemperismo do material de origem e o grau de intemperismo do próprio solo afetam os minerais e, conseqüentemente, as formas e as quantidades de Potássio existentes no solo. Os feldspatos são facilmente intemperizáveis seguidos da biotita, sendo a muscovita a mais persistente nos solos, principalmente nas frações de dimensões de silte (limo) ou acima.

O importante desses minerais é que o Potássio neles contido pode participar da nutrição de plantas, quer seja através da liberação de Potássio, quer seja através da fixação do elemento em forma não disponível.

Além do Potássio estrutural dos minerais, o nutriente ocorre no solo na forma de cátion trocável e na solução do solo, sempre como íon K+, que é também a forma de ocorrência em minerais. Os teores trocáveis em geral pouco representam em relação aos teores totais, contudo, em solos muito intemperizados de diversas regiões brasileiras, eles podem ser a mais importante reserva de Potássio disponível.

 

Fontes de Potássio

  • Cloreto de Potássio - KCl - 60% K2O

Principal fonte Potássio usada no mundo, é recomendado para aplicação no solo (sulco ou cobertura), juntamente com os nutriente N e P.

  • Nitrato de Potássio - KNO3 - 13% N; 45% K2O

Fertilizante utilizado em soluções nutritivas para culturas hidropônicas, e em pulverização foliar em culturas exigentes nesses nutrientes, com objetivo de aporte nutricional em fases fenológicas chaves para incremento de produtividade/qualidade de frutos, fibras, sementes.

  • Sulfato de Potássio - K2SO4 - 50% K2O; 17% S

Fertilizante utilizado em aplicações no solo, para culturas de maior valor agregado ou com alta sensibilidade ao Cl presente no KCl, e em soluções nutritivas para fertirrigação ou hidroponia. Devido ao conteúdo de Enxofre, auxilia no fornecimento também desse macronutriente secundário.

Produtos Relacionados