Nutrição de Plantas

Resumo

O Fósforo é um dos 16 nutrientes essenciais que as plantas necessitam para o crescimento e a reprodução. É considerado um dos três macronutrientes primários juntamente com o Nitrogênio e o Potássio, devido à quantidade relativamente alta com que são utilizados pelas plantas e à frequência com que suas deficiências limitam o crescimentos delas. 

 

Fósforo

Contribui para aumentar a resistência da planta a algumas doenças, ajuda a cultura a suportar baixas temperaturas e a falta de umidade acelera a maturação e protege o solo mediante melhor cobertura vegetal.

As plantas absorvem o Fósforo do solo, especificamente da solução do solo. Somente pequenas quantidades de Fósforo estão presentes na solução do solo, porém, o suprimento deve ser continuamente reabastecido pela liberação de Fósforo dos minerais e da matéria orgânica. O pH do solo, ou a acidez, tem grande influência na disponibilidade de Fósforo para as plantas e determina as formas que elas podem utilizá-lo

 

Funções do Fósforo

O Fósforo promove a formação inicial e o desenvolvimento da raiz, o crescimento da planta; acelera a cobertura do solo para a proteção contra a erosão; afeta a qualidade das frutas, dos vegetais e dos grãos, e é vital para a formação da semente.

O uso adequado de P aumenta a eficiência da utilização de água pela planta (resultando em menos perdas) bem como a absorção e a utilização de todos os outros nutrientes, venham eles do solo ou do adubo.

 

Fósforo nas Plantas

O Fósforo é um componente vital no processo de conversão de energia solar em alimento, fibra e óleo pelas plantas, ele desempenha função chave na fotossíntese, no metabolismo de açucares, no armazenamento e transferência de energia, na divisão e na transferência da informação genética. Promove a formação inicial e o desenvolvimento das raízes, e o crescimento das plantas, acelera a cobertura do solo, afeta a qualidade das frutas, dos vegetais e dos grãos, e é vital para a formação da semente.

O uso adequado de Fósforo aumenta a eficiência da utilização da água pela planta bem como a absorção e utilizações de todos os outros nutrientes, venham eles do solo ou do adubo. Contribui para aumentar a resistência das plantas a algumas doenças. Ajuda a cultura a suportar baixas temperaturas e a falta de umidade acelera a maturação e protege o solo mediante melhor cobertura vegetal.

As folhas saudáveis da soja seguem o rastro do sol durante o dia para absorver a quantidade máxima de luz, enquanto folhas com deficiência de P dirigem as margens das folhas em direção ao sol para absorverem quantidades mínimas de luz.

Dentro da célula, a informação genética na forma de DNA e moléculas de RNA contém Fósforo como um componente estrutural integrante, estas importantes moléculas constituem a informação genética da planta e guiam a síntese de proteínas que se dá dentro das células.

 

Fósforo no Solo

As plantas absorvem o Fósforo do solo, especificamente da solução do solo.

Somente pequenas quantidades de Fósforo estão presentes na solução do solo, porém, o suprimento deve ser continuamente reabastecido pela liberação de Fósforo dos minerais e da matéria orgânica.

O pH do solo, ou a acidez, tem grande influência na disponibilidade de Fósforo para as plantas e determina as formas que elas podem utilizá-lo. Todo o Fósforo é absorvido pelas raízes como íon ortofosfato, H2PO4.

O Fósforo da matéria orgânica só se torna disponível quando os microrganismos do solo "quebram" a matéria orgânica em formas simples, liberando
os íons fosfatos inorgânicos.

 

Fontes de Fósforo

  • Super Fosfato Triplo - SFT/STP; 45% P2O5; 12%Ca

Fertilizante usado em aplicação no solo (sulco ou lanço) na forma granulada ou mistura de grânulos com outros nutrientes, sendo recomendado em solos com teor adequado de Enxofre, e/ou muito baixo de Fósforo.

  • Super Fosfato Simples - SFS/SSP; 18% P2O5; 20% Ca; 12% S

Fertilizante usado em aplicação no solo (sulco ou lanço), na forma granulada ou mistura de grânulos com outros nutrientes, sendo recomendado em solos deficientes em Enxofre.

  • Termofosfatos - (Yoorin); 19% P2O5 Total sendo 17,4% sol. Ac. cítrico; 30% CaO; 18% MgO

Os Termofosfatos são definidos como fertilizantes resultantes de tratamento térmico de rochas fosfatadas com ou sem adição de outros materiais (silicato de magnésio), tratamento este que visa converter o Fósforo de modo disponível nos vegetais. No caso de Termofosfato Magnesiano, é necessário adição de componentes magnesianos e sílicos.

Fertilizantes recomendados principalmente em solos com teor médio a adequado de Fósforo, com característica de liberação gradativa do mesmo para as plantas. Devido a seu índice de basicidade auxilia na correção da acidez do solo e adição de nutrientes importantes nos cultivos como Cálcio e Magnésio.

  • MAP Purificado - Monoamônio Fosfato - 11% N; 60% P2O5

Fertilizante usado em aplicação foliar visando aporte principalmente de Fósforo em momentos chaves das culturas e em áreas de abertura onde os níveis de Fósforo normalmente são baixos e mesmo com adubação de base correta, a aplicação pontual em determinadas fases pode trazer incrementos em produtividade.

 

Produtos Relacionados