Novidades


02/09/2017
Microquimica reforça presença na cultura de algodão em Congresso no Alagoas

 

Entre os dias 29 de agosto á 01 de setembro a Microquimica esteve presente, representada por Roberto Batista e José Pereira Quirino, respectivamente Diretor e Gerente Técnico, no 11º Congresso Brasileiro do Algodão, que teve lugar em Maceió (AL) e que, nesse ano, teve o tema “Inovação e rentabilidade na cotonicultura”. Este evento promovido pela Abrapa (Associação Brasileira dos Produtores de Algodão) contou com minicursos, mesas-redondas e plenárias com as principais questões e demandas do setor.

Entre os temas abordados nos minicursos e palestras, estavam: Manejo de nematoides; Controle Biológico de Pragas e Doenças; Atribuição, Ocupação e Uso de Terras no Brasil; Agricultura Digital; Manejo de perfil dos solos cultivados com Algodoeiro; entre outros.

O Diretor Técnico da Microquimica reconhece a importância da participação da empresa nesse setor e ressalta que: “A cultura do Algodoeiro é muito importante para a Microquimica, sendo a 2ª em importância no nosso faturamento, por isso necessitamos estar presentes em eventos desta magnitude.”

Esse Congresso ocorre a cada 2 anos e serve para atualizar as informações que hoje são muito dinâmicas e importantes para continuar a buscar melhorias em todos os segmentos para aumentar a produtividade da cultura e a renda do agricultor. Desse modo, a participação da Microquimica se torna muito significativa para estar a par daquilo que está acontecendo neste mercado.

Além disso, o evento auxilia as empresas a aumentar o relacionamento com pessoas chaves e relevantes desta cultura, visto que entre os participantes do congresso estavam produtores de Algodão, empresas fornecedoras de insumos, entidades de pesquisa como Embrapa Algodão, ABRAPA e IBA (Instituto Brasileiro do Algodão) e consultores técnicos da cultura.


Microquimica – Juntos Produzimos Mais



Roberto Batista e José Quirino, representando a Microquimica no 11º Congresso Brasileiro de Algodão

Já conhece o Tuval?


Tuval é um regulador de crescimento vegetal que possui em sua formulação Cloreto de Chlormequat CCC. Tuval atua na inibição da síntese de giberelinas, por possuir ação sistêmica. O produto é recomendado para a cultura do Algodão e é apresentado na forma de concentrado solúvel e classe toxicológica IV – Pouco Tóxico.

Além disso, o produto apresenta resultados como a melhoria na eficiência da colheita, o auxílio no controle de pragas e doenças (MIP), o gerenciamento do crescimento vegetativo da cultura, que possibilita adequar o espaçamento das plantas, aumento do peso dos capulhos, maior uniformidade da maturação e também apresenta efeitos quando se trata de maior retenção de maçãs.

Para conhecer o resultado de sucesso em algodão já comprovado pela Microquímica na região do estado do Mato Grosso, e mais especificações técnicas, acesse a área de produtos do site oficial da empresa. 

Você já conhece o Glutamin Extra?


O Glutamin Extra é um fertilizante foliar que corrige as deficiências nutricionais rapidamente e apresenta formulação estabilizada e aprimorada para uso foliar. Outra qualidade é o auxílio no processo de assimilação do Nitrogênio, o qual aumenta a energia disponível para as plantas.

O produto tem uma relação balanceada de macro e micronutrientes, associados a aminoácidos obtidos através de fermentação biológica.

Este produto também pode ser utilizado em vários tipos de cultivos como algodão, arroz e citros. Para conhecer os resultados já comprovados pela Microquímica nas regiões do estado de São Paulo, Goiás, Paraná, Rio Grande do Sul e Mato Grosso e mais especificações técnicas, acesse a área de produtos do site oficial da empresa.


Veja mais fotos: