Novidades


03/12/2015
Por dentro da Microquimica: Tratamento de Efluentes Industriais
Com um atendimento pleno da legislação ambiental vigente e promovendo a recuperação e o reuso dos efluentes líquidos gerados nos processos produtivos, o setor de Tratamento de Efluentes Industriais da Microquimica atua diretamente na gestão dos recursos hídricos utilizados pela empresa.                                                                                                                                         
 Foto do lago artifical mantido dentro das instalações da empresa em Monte Mor (SP)
 
Para Alessandro Gasparotto, líder do Controle de Qualidade de Processos Químicos, voltar a utilizar a água em novas aplicações nos processos de fabricação é um importante destaque da empresa, pois promove a recuperação dos efluentes líquidos e evita o consumo do aquífero. “Essa água retorna novamente ao processo interno, em atividades de limpeza dos equipamentos e demais áreas produtivas. Esse modelo adotado na Microquimica é reflexo do nosso zelo com a preservação das fontes e do meio ambiente em geral”.
 
Os operadores da estação de tratamento de efluentes Aparecido Francisco dos Santos e Jidalvo José dos Santos fazem parte da equipe de colaboradores do departamento que atua diretamente no tratamento dos efluentes líquidos gerados na fabricação de fertilizantes.
Alessandro explica que no processo são utilizados diversos tipos de tanques: de equalização, para correção de PH e para adição de polímeros coagulantes e floculantes. Além disso, a matéria prima passa pelos processos de coagulação, floculação, decantação, filtração e posterior “polimento”, com o uso de filtros especiais.
 
Preocupada em manter sempre o alto padrão e a qualidade indiscutível de seus fertilizantes, a Microquimica investe continuamente na melhoria dos processos produtivos, resultando na redução do volume dos resíduos gerados e melhorando a qualidade dos efluentes tratados.


Alessandro Gasparotto, Líder do Controle de Qualidade - Processos Químicos

Os 12 Princípios da Administração


 A Microquimica adota, desde 1995, essa filosofia que serve de guia para os procedimentos e tomadas de decisão da empresa. Os 12 Princípios foram concebidos e organizados pelo Sr. Kazuo Inamori, empresário natural de Kyoto, no Japão e fundador da empresa Kyocera. A filosofia relaciona os pontos fundamentais para se alcançar um bom desempenho empresarial, tendo como base a clareza de objetivos e controles, desenvolvimento e esforço dos indivíduos e o bem-estar das pessoas.

 
1 - Definir claramente os objetivos e o sentido do empreendimento. (Os objetivos devem ser rigorosamente imparciais e possuir elevado sentido).
 
2 - Estabelecer metas concretas. (As metas devem ser sempre compartilhadas com todos os funcionários da empresa).
 
3 - Desejar intensamente. (Para alcançar os objetivos, é necessário que os anseios se mantenham intensos, que se alojem no subconsciente).
 
4 - Esforçar-se mais que todos. (Cada passo no trabalho pode ser modesto, mas o avanço deve ser firme e 
infatigável).
 
5 - Maximizar as receitas e minimizar despesas.
 
6 - Definir preço é administrar. (A definição de preços é trabalho da diretoria. Há um único ponto em que o cliente fica satisfeito ao mesmo tempo em que se obtém bom lucro).
 
7 - Na administração, forte determinação é fator decisivo. (Para administrar, é preciso ter forte determinação capaz de remover as mais sólidas barreiras).
 
8 - Espírito de luta. (Para administrar, é preciso muito espírito de luta, mais que em qualquer luta marcial).
 
9 - Enfrentar as situações com coragem. (Não pode haver conduta medrosa, evasiva).
 
10 - Realizar sempre trabalhos criativos. (Trabalhar visando ao contínuo melhoramento, de forma que amanhã tenhamos resultados melhores que hoje e depois de amanhã melhores que amanhã). 
 
11 - Altruísmo e lealdade.
 
12 - Administrar sempre com espírito franco, bem disposto e construtivo, alimentando sonhos e desejos.                          
(Preceitos da Seiwajyuku do Brasil - www.seiwajyukudobrasil.com.br)
Veja mais fotos: