PROMOVE FIXAÇÃO biológica DE nItROGÊNIO

Disponibiliza para as plantas o nitrogênio que se encontra na forma de N₂ no ar atmosférico (cerca de 78% de concentração no ar) em N disponível de pronto uso da cultura. As bactérias Azospirillum brasilense fixam nitrogênio do ar resultando na possibilidade de redução da aplicação de fertilizantes nitrogenados e consequentemente de custos de produção. (ver boletim da EMBRAPA para Milho e de Coinoculação em Soja)

maior produtividade

Uma das respostas das plantas a colonização da rizosfera pelas bactérias é a síntese de fitohormônios que modificam o sistema radicular proporcionando uma maior exploração do solo e consequentemente aumentando a absorção de água e nutrientes, com reflexo direto na produtividade do milho, conforme ficou evidenciado nos experimentos da Microquimica realizados pela UEM e UEPG, em AltoPiquiri (PR) e Ponta Grossa (PR).

Estimula o crescimento vegetativo

A disponibilização frequente de nitrogênio para o metabolismo das plantas, em conjunto com um sistema radicular maior e explorando um maior volume de solo, resulta em ótimo crescimento vegetativo e desenvolvimento da cultura.

aumento do sistema radicular

As bactérias do AzzoFix® promovem várias respostas nas plantas, entre elas a síntese de fitohormônios responsáveis pelo crescimento radicular. A pesquisa já evidenciou esse aumento das raízes em diversos estudos, o que foi confirmado também nos experimentos da Microquimica realizados pela UEPG, em Palmeira (PR) e Ponta Grossa (PR).

Inoculante líquido da Microquimica para Milho e Coinoculação em Soja.

AzzoFix® é o inoculante líquido da Microquimica para Milho e Coinoculação em Soja.

As bactérias benéficas promovem a fixação do nitrogênio do ar, fornecendo o nutriente de forma natural.

Promove a liberação de fitohormônios que estimulam o desenvolvimento da cultura e aumento do sistema radicular do milho em até 54%*, proporcionando maior acesso a água e nutrientes. O resultado é uma lavoura mais forte e produtiva.

*Comparando os tratamentos com 50% da dose de N, com e sem AzzoFix®, Palmeira/PR, UEPG, 2015.

Azospirillum brasilense, quais os resultados em milho e soja?

Fernando Bonafé - Reinoculação, Coinoculação e Protetores Biológicos em Soja - Nutrição Nitrogenada

Entrevista de Roberto Berwanger Batista ao Portal Agro DBO - Deficiência de N em soja

Plantas Fortes Pela Natureza - Microquimica - AzzoFix

Roberto Berwanger Batista - Microquimica - AzzoFix inoculante para milho

Saiba mais informações sobre o AzzoFix®

Eficácia, econômia e produtividade comprovadas.

Resultado Raíz - Palmeira (PR):

O trabalho realizado pela UEPG em 2014 mostrou um aumento do volume de raízes do milho de 54% (matéria seca) no tratamento com ½ dose de nitrogênio com a aplicação adicional do AzzoFix®, quando comparado ao tratamento sem o inoculante. E um aumento de 11% das raízes, quando comparado com o tratamento com dose cheia de nitrogênio.

NÓDULOS SOJA – RIO VERDE (GO):

O trabalho realizado pelo IFGO em 2018 mostrou um aumento do número de nódulos de 44% no tratamento com coinoculação com AzzoFix®, comparado a testemunha e de 9%, quando comparado ao tratamento com inoculação padrão com Bradyrhizobium.

Resultado Produtividade - Ponta Grossa (PR):

O trabalho realizado pela UEPG em 2014 mostrou um aumento da produtividade do milho de 9% no tratamento com ½ dose de nitrogênio com a aplicação adicional do AzzoFix®, quando comparado ao tratamento sem o inoculante.

PRODUTIVIDADE SOJA – RIO VERDE (GO):

O trabalho realizado pelo IFGO em 2018 mostrou um incremento de produtividade de 27% no tratamento com coinoculação com AzzoFix®, comparado a testemunha e de 11%, quando comparado ao tratamento com inoculação padrão com Bradyrhizobium.

Entre em contato conosco e encontre um representante mais perto de você.

Contato